• Saiba mais sobre o Prêmio Citi e confira quem pode se inscrever
  • Veja passo a passo como se inscrever ao prêmio
  • Fique por dentro de como é a avaliação dos candidatos

O Prêmio

Em sua décima edição no Brasil, o PCMM (Prêmio Citi Melhores Microempreendimentos) é uma iniciativa global da Citi Foundation que acontece em mais de 30 países, e conta com o apoio do Citi Brasil.

O Prêmio visa reconhecer o esforço de empreendedores de todo o país, o trabalho personalizado de seus Agentes de Crédito e o apoio fundamental das IMFs (Instituições de Microfinanças).

Em 2015, para comemorar seus 10 anos, o PCMM traz várias novidades*:

  • - Duas categorias para IMF do Ano: Desenvolvimento Local e Gestão Inovadora
  • - Categoria exclusiva para Agente do Ano (além de manter a categoria Agente com mais inscrições)
  • - Novos prêmios
  • - Novo processo seletivo

*Ver regulamento para mais informações.

Realizado em mais de 30 países e em 4 continentes
Mais de 6.000 Empreendedores Inscritos
Mais de US$18 Milhões em Redes de Microfinanças e IMFs
Mais de US$ 9 Milhões Distribuidos em prêmios em dinheiro
  • 694 Empreendedores inscritos
  • 39 IMFs participantes com indicações
  • 18 Estados
  • 9 IMFs inscritas na categoria IMF Mais Inovadora

Quem participa

  • Público-alvo

    Empreendedores que se destacam pelo sucesso alcançado em seus negócios

    Agentes de Crédito que apoiam esses microempreendedores

    Instituições de microfinanças com práticas inovadoras ou desenvolvimento local

Categorias

  • Categoria Microempreendimentos (somente via agente de crédito)

    Empreendedores de microempreendimentos em qualquer ramo de atuação, com faturamento anual de até R$ 360.000

  • Agente do Ano

    Agentes de crédito formalmente ligados a uma IMF que apresentem um resultado excepcional em credibilidade, visão sistêmica, geração de valor e inovação

  • IMF do Ano em Desenvolvimento Local

    Instituições de Microfinanças que desenvolveram e implementaram inovação em tecnologia social, trazendo resultados tangíveis em melhorias comunitárias por meio da concessão do microcrédito

  • IMF do Ano em Gestão Inovadora

    Instituições de Microfinanças que desenvolveram e implementaram inovação referente a algum serviço e/ou produto relacionado ao seu processo de concessão de crédito, criaram soluções tecnológicas e/ou operacionais que tenham agregado valor e impacto social ou ambiental

Como participar
As inscrições são gratuitas. Fique atento aos prazos!

  • Papel dos agentes de crédito na inscrição

    Quem inscreve os Microempreendimentos é o Agente de Crédito. Fique atento às faixas de faturamento para inscrevê-los corretamente!

    O Agente também se inscreve, se desejar, para concorrer na categoria Agente do Ano.

  • Papel dos diretores de IMF no prêmio

    Cadastre sua IMF para possibilitar as inscrições de seus clientes.

    Inscreva sua IMF caso queira concorrer ao Prêmio em uma das duas categorias: Gestão Inovadora ou Desenvolvimento Local.

    Aprove a inscrição de seus agentes à categoria Agente do Ano assinando uma declaração.

Como funciona

  • Critérios

    Confira o regulamento para verificar se o seu negócio se enquadra no Prêmio. Vencedores de edições anteriores não poderão concorrer novamente.

  • Seleção voluntários Citi

    Funcionários do Citi participarão ativamente do processo preliminar de seleção de Microempreendimentos.

    Voluntário

    Clique aqui para ir à área exclusiva

  • Fase de avaliação

    A organização do prêmio fará a avaliação dos cases mais bem classificados pelos voluntários.

  • Seleção - Júri

    Uma vez selecionados os 30 Microempreendimentos finalistas e as IMFs qualificadas, um júri composto por especialistas definará os vencedores.

  • Cerimônia

    A cerimônia de premiação contará com todos os vencedores, que terão todos os custos de translado e hospedagem pagos pelo Prêmio.

  • Premiação

    São mais de R$ 35.000 em premiação financeira, distribuídos entre os vencedores, além de vales-brindes para os agentes e capacitação profissional para todos os 10 premiados.

  • As inscrições para o Prêmio Citi Melhores Microempreendimentos são gratuitas.

  • Elas são feitas por meio das Instituições de Microfinanças que indicam seus Microempreendedores.

  • O agente de Crédito é fundamental: ele conhece os negócios e seus Microempreendedores. É ele quem realiza as inscrições.

  • Fique atento ao prazo de inscrições e solicite ao diretor de sua IMF o cadastro da instituição.

  • Siga as orientações de como se inscrever e boa sorte!

  • 2004

    ONU, Citi Foundation e Global Student Alliance criam o Global Microentrepreneurship Awards (GMA) em oito países no intuito de promover as microfinanças e o empreendedorismo em comunidades empobrecidas

  • 2005

    O sucesso do piloto resulta em expansão do GMA para dezenas de países como uma atividade-chave da ONU no designado "Ano Internacional do Microcrédito"

  • 2006

    A Citi Foundation assume a responsabilidade total do programa, renomeando para Prêmio Citi Melhores Microempreendimentos e implementando-o em 23 países, inclusive no Brasil

  • 2011

    O programa é expandido para 28 países; no Brasil, inscrevem-se 659 candidatos de 237 cidades, indicados por 37 IMFs, de 17 Estados

  • 2012

    O Brasil alcança recorde histórico de inscrições, com 865 Empreendedores inscritos, indicados por 32 IMFs de 17 Estados brasileiros e do Distrito Federal; é lançada a categoria IMF Mais Inovadora, com 11 inscritos

  • 2013

    Novo recorde de inscrições na edição brasileira, com 882 Empreendedores inscritos, indicados por 38 IMFs de 20 Estados + Distrito Federal

  • 2014

    A edição brasileira tem 694 Empreendedores inscritos por 39 IMFs, de 18 Estados. O Prêmio ganha destaque no Relatório Anual de Atividades do Citi Brasil

Conselho

Responsável pelas diretrizes éticas e estratégicas do PCMM, bem como pela resolução de situações não previstas em regulamento, o conselho reúne profissionais com alta expertise em sua área de atuação, relacionada à microfinanças. São eles:

  • Amadeu Trentini - ABCRED

    Amadeu Trentini – ABCRED

    É formado em Economia pela FURB-Universidade Regional de Blumenau e especializado em Microfinanças pela OIT, diretor executivo da ICC BluSol/Blumenau/SC, desenvolve aumento de trabalho e renda para microempreendedores por meio do microcrédito no estado de Santa Catarina, atua voluntariamente na AMCRED/SC e atualmente é vice-presidente da ABCRED.

  • Haroldo José Medeiros da Silveira – ABSCM

    É graduado em Direito e Administração com especializações em finanças no exterior. É sócio-diretor da Regra Lander Sociedade de Crédito ao Microempreendedor e Empresas de Pequeno Porte, desde 2008. Foi diretor e fundador do IBEF/SC (Instituto Brasileiro Executivos de Finanças). Tem mais de 26 anos de experiência no mercado financeiro, já tendo trabalhado em grandes bancos como BankBoston, Banco Safra e Banco Sudameris do Brasil. Está à frente da ABSCM desde 2014/2015 e iniciou segunda gestão 2015/2016.

  • Ismael Gilio - BID2

    Ismael Gilio – BID

    É economista, pós-graduado em Economia Política e Mestre na área de Trabalho e Educação. É autor do livro Trabalho e Educação: Formação Profissional e Mercado de Trabalho, editado pela Nobel. Atualmente é Especialista Setorial do Fundo Multilateral de Investimento (FOMIN), do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID). Atuou durante quinze anos no mercado financeiro e de capitais no Estado de São Paulo, foi professor universitário durante doze anos e atuou como consultor em desenvolvimento de projetos sociais em Angola, na África, com apoio do Fundo Japonês para Terceiros Países.

  • João Silvério Júnior

    É analista da Unidade de Acesso a Mercados e Serviços Financeiros (UAMSF) do SEBRAE Nacional, com mais de 22 anos de experiência em projetos e atividades relacionados ao tema de acesso a serviços financeiros para pequenos negócio e orientação empresarial. Possui especialização em consultoria de pequenos negócios pela FIA USP e mestrado em Economia de Empresas pela Universidade Católica de Brasília (UCB).

  • joaquim2

    Joaquim de Melo Segundo – Banco Palmas

    Educador popular e líder comunitário é criador e presidente do Banco Palmas (1º Banco comunitário do Brasil, Fortaleza-CE), coordenador do Instituto Palmas e da Rede Brasileira de Bancos Comunitários, assessor para programas e projetos de economia solidária em bairros e municípios empobrecidos.

  • lauro2

    Lauro Gonzalez

    É professor visitante na Columbia University (2014 e 2015) e na Université Paris-Dauphine (2013). Professor do Departamento de Finanças da EAESP-FGV e coordenador do Centro de Estudos em Microfinanças da FGV. Pós-doutor na Université Paris-Dauphine em 2012. Doutor em economia pela Fundação Getulio Vargas -SP (2007). Foi Fellow do Microfinance Management Institute (2005) e pesquisador visitante na Universidade de Columbia em 2004.

  • lucilene2

    Lucilene Estevan Santana

    É especialista em Políticas de Trabalho, Emprego e Renda pela Universidade de Brasília (UnB). É coordenadora-geral de Emprego e Renda do MTE, atuando na Gestão do Programa de Geração de Emprego e Renda (PROGER) e do Programa Nacional de Microcrédito Produtivo Orientado (PNMPO).

  • maud2

    Maud Chalamet

    A consultora francesa está baseada no Rio de Janeiro há oito anos, trabalhando no fortalecimento do setor das microfinanças do Brasil e dos países de língua portuguesa pela PlaNet Finance Brasil. Formada em Administração na França, tem um MBA em finanças internacionais feito no Canadá e na Índia.

  • Paulo Roberto Anderson Monteiro copy

    Paulo Roberto Anderson Monteiro

    É mestre em Ciências Contábeis pela FACC/UFRJ, é gerente do departamento de Economia Solidária do BNDES, e possui experiência de mais de 10 anos com instituições de microcrédito.

  • Sandra Boccia v2

    Sandra Boccia

    É jornalista graduada pela Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo, ECA/USP/SP, com especialização em Jornalismo Internacional pela Fundação Jornalistas na Europa, de Paris, e MBA Executivo Internacional pela FIA/USP. Desde 2008 é diretora de redação de Pequenas Empresas & Grandes Negócios nas plataformas revista, site, redes sociais, tablet e mobile. Durante sua gestão, a equipe de PEGN recebeu mais de 15 prêmios, entre eles o de Revista do Ano, da Editora Globo,melhores reportagens sobre pequenas empresas, do Sebrae, e melhores matérias sobre franquias e redes sociais, da Associação Brasileira de Franchising (ABF).

Regulamento

Baixe em pdf

REGULAMENTO

PRÊMIO CITI MELHORES MICROEMPREENDIMENTOS 2015 – PCMM”

(MODALIDADE CONCURSO)

Esta Promoção, na modalidade Concurso, denominada “Prêmio Citi Melhores Microempreendimentos 2015 – PCMM”, é promovida pelo Banco Citibank S.A., Avenida Paulista, 1.111, 2º andar-parte, São Paulo, SP, CEP 01311-920, inscrita no CNPJ sob o nº 33.479.023/0001-80, pela Associação Aliança Empreendedora, Alameda Júlia da Costa, 362, casa 2, Mercês, Curitiba/PR, CEP 80410-070, inscrita no CNPJ sob o nº 07.324.851/0001-39 e pela ponteAponte Empreendedorismo Social Ltda. ME., Rua Prof. João Marinho, 161, Paraíso, São Paulo, SP, CEP 04007-010, inscrita no CNPJ sob o nº 14.536.428/0001-68 é realizada em todo território nacional.

PRAZO DE EXECUÇÃO

Início em 07 de dezembro 2015 e término em 08 de abril de 2016.

PERÍODO DE PARTICIPAÇÃO

O período de participação na Promoção se inicia no dia 07 de dezembro de 2015 e se estende até às 23h59 (vinte e três horas e cinquenta e nove minutos) do dia 05 de fevereiro de 2016, horário oficial de Brasília.

PARTICIPANTES

O PCMM é aberto às pessoas físicas ou jurídicas elegíveis de acordo com este Plano de Operação e respectivo Regulamento.

O PCMM é dirigido aos Empreendedores de atividades econômicas de pequena escala ou de pequenos negócios, podendo ser individual e/ou coletivo, que tenham adquirido microcrédito de instituições como:

a) agências de fomento;

b) bancos;

c) cooperativas de crédito;

d) Organizações de Sociedade Civil de Interesse Público (“OSCIP”);

e) Sociedades de Crédito ao Microempreendedor (“SCM”);

f) outras operadoras de Microcrédito Produtivo Orientado (“MPO”), como programas públicos.

Considera-se Empreendedor a pessoa que trabalha como empresário por conta própria ou é proprietário de uma microempresa ou de um pequeno empreendimento ou representante de um empreendimento coletivo como cooperativas e/ou associações.

São elegíveis ao PCMM os Empreendedores que atendam, cumulativamente, os requisitos abaixo:

a) tenham atividade nos segmentos de comércio, produção ou serviço;

b) mantenham relacionamento há pelo menos 1 (um) ano com a IMF;

c) demonstrem utilização do microcrédito de forma responsável, tendo liquidado os seus créditos com regularidade e pontualidade;

d) apresentem faturamento de até R$ 360.000,00 (trezentos e sessenta mil reais) anuais, divididos nas seguintes faixas de faturamento anual:

  • até R$ 60.000,00 (sessenta mil reais);

  • de R$ 60.000,01 (sessenta mil reais e um centavo) até R$ 180.000,00 (cento e oitenta mil reais);

  • de R$ 180.000,01 (cento e oitenta mil reais e um centavo) até R$ 360.000,00 (trezentos e sessenta mil reais); e

e) estejam legalmente formalizados se o faturamento anual for maior que R$ 60.000,01 (sessenta mil reais e um centavo).

Para participar do PCMM, os Empreendedores deverão ser apresentados e inscritos pela instituição que lhes concedeu microcrédito.

O PCMM também é dirigido às Instituições de Microfinanças (IMFs) que queiram se candidatar a uma das categorias de IMF do Ano em:

(1) IMF do Ano em Desenvolvimento Local;

(2) IMF do Ano em Gestão Inovadora.

A IMF deve estar habilitada no Programa Nacional de Microcrédito Produtivo Orientado, do Ministério do Trabalho e Emprego.

A IMF deve ter personalidade jurídica devidamente registrada conforme a legislação brasileira, bem como deve oferecer os serviços de microcrédito há pelo menos 3 (três) anos, de forma contínua, sem interrupção.

Entende-se como IMF do Ano em Desenvolvimento Local aquela que desenvolveu e implementou inovação em tecnologia social, trazendo resultados tangíveis em melhorias comunitárias por meio da concessão do microcrédito. Por exemplo: capacitações para Empreendedores que concedeu o crédito, relacionamento criado com os seus Agentes de Crédito e destes com os Empreendedores, melhorias comunitárias a partir dos Empreendedores apoiados, atendimento a públicos mais vulneráveis como mulheres, imigrantes e outros, fomento ao trabalho colaborativo entre empreendedores apoiados e desses com as respectivas comunidades, realização de eventos locais com relevante impacto socioambiental, estímulo a iniciativas de cunho ambiental etc.

Entende-se como IMF do Ano em Gestão Inovadora aquela que desenvolveu e implementou inovação referente a algum serviço e/ou produto relacionado ao seu processo de concessão de crédito, criou soluções tecnológicas e/ou operacionais que tenham agregado valor e impacto social e/ou ambiental, trouxe resultados positivos na relação entre IMF – Agente de Crédito – Empreendedor e vem obtendo resultados expressivos em relação ao microcrédito e/ou em expansão e capilaridade, entre outros exemplos.

O PCMM também é dirigido aos Agentes de Crédito que queiram se candidatar à categoria de Agente de Crédito do Ano.

Considera-se Agente de Crédito a pessoa que trabalha com vínculo empregatício para uma Instituição de Microfinanças (IMF) desempenhando a função de Agente de Crédito.

São elegíveis para a categoria Agente de Crédito do Ano qualquer agente que apresente um resultado excepcional em credibilidade, visão sistêmica, geração de valor e inovação.

Não será admitida a participação de sócios, diretores, funcionários, estagiários e contratados das Promotoras, suas coligadas ou de empresas direta ou indiretamente envolvidas na organização e execução do PCMM, bem como seus familiares, definidos como pais, filhos, irmãos e cônjuges ou outros que residam no mesmo domicílio do colaborador ou funcionário. Além disso, não poderão se inscrever para o PCMM membros do conselho consultivo e do júri, bem como seus familiares, definidos como pais, filhos, irmãos e cônjuges ou outros que residam no mesmo domicílio do conselheiro ou jurado.

OBJETIVO DA PROMOÇÃO

objetivo principal da promoção é promover o desenvolvimento do empreendedorismo popular no Brasil, mediante o reconhecimento de:

a) Empreendedores de microempreendimentos (“Empreendedor ou Empreendedores”) de empreendimentos individuais e/ou coletivos que se destacam pelo sucesso alcançado em seus negócios;

b) Agentes de Crédito que apresentam transformação em suas ações junto à IMF e aos Empreendedores dos microempreendimentos apoiados nos últimos dois anos;

c) Instituições de Microfinanças (“IMFs”) com práticas de destaque em desenvolvimento local e gestão inovadora nos dois últimos anos.

São objetivos específicos do Prêmio:

a) promover casos de sucesso no acesso ao microcrédito para inspiração, desenvolvimento e crescimento de negócios;

b) divulgar e reconhecer a importância dos microempreendimentos no desenvolvimento econômico e social do Brasil e, em particular, da dinâmica local em que estão inseridos;

c) demonstrar como a criatividade e a flexibilidade de Empreendedores podem sobrepor as barreiras de acesso a serviços de desenvolvimento empresarial;

d) disseminar iniciativas criativas de Empreendedores de micronegócios;

e) motivar a criação de novos empreendimentos inovadores e sustentáveis;

f) valorizar os diferentes âmbitos em que são desenvolvidos os microempreendimentos, especialmente em suas relações econômicas e sociais com a comunidade;

g) ressaltar a relevância do conceito de sustentabilidade no dia a dia dos micronegócios;

h) estimular o engajamento ativo em prol do impacto social dos Empreendedores de microempreendimentos;

i) destacar e valorizar o papel de Agentes de Crédito na promoção dos microempreendimentos no país trazendo soluções transformadoras na sua relação com a IMF e Empreendedores nos últimos dois anos;

j) reconhecer inovações em desenvolvimento local e gestão inovadora na prestação de serviços e na oferta de produtos entre as IMFs relacionadas às suas operações de concessão de crédito nos últimos dois anos;

k) pontuar a importância da dinâmica entre Empreendedores e IMFs no fortalecimento econômico e social das comunidades em que se inserem.

PRÊMIOS

Serão distribuídos pela Promoção 12 (doze) prêmios, conforme discriminado na tabela a seguir:



Tabela 1

Se os ganhadores residirem na cidade de São Paulo ou em até 500 (quinhentos quilômetros) da cidade de São Paulo, podem não fazer jus à passagem aérea e/ou hospedagem, mas receberão todos os demais itens da premiação.

O pacote de viagem pode ser fruído por qualquer funcionário da IMF ganhadora, sendo que deverá ser recebido pelo seu representante legal.

As Promotoras informarão aos ganhadores o local de realização do FOROMIC assim que ele for definido pela organização do evento, sendo certo que as Promotoras não se responsabilizam por eventuais alterações no FOROMIC como, mas não se limitando a, alterações de datas e locais, cancelamentos, entre outros. Caso essas ou demais situações ocorrerem, as Promotoras informarão aos ganhadores, agendando nova data de viagem e/ou substituição dos ingressos por outro evento e/ou quaisquer outras medidas que forem possíveis.

O aeroporto do embarque internacional será preferencialmente o aeroporto internacional de Guarulhos. O traslado dos contemplados até o aeroporto de embarque será preferencialmente realizado no dia do embarque/desembarque, porém poderá ocorrer um ou dois dias antes, a critério único e exclusivo das Promotoras, para garantir a pontualidade do contemplado ao embarque para o destino final, hipótese em que as Promotoras os acomodarão em hotel de categoria econômica a ser escolhido a seus critérios.

A escolha da data e dos horários dos voos, de eventuais conexões, bem como dos horários dos traslados será realizada pelas Promotoras a seu único e exclusivo critério, com o objetivo de garantir o embarque conjunto do grupo de contemplados para o destino final da viagem. As empresas Promotoras não serão responsáveis por hospedagem em hotel ou qualquer outro custo, caso o contemplado perca o translado de embarque/desembarque oferecidos pelas Promotoras ou deseje estender sua viagem e permanecer na cidade de embarque/desembarque.

Caso o contemplado resida em uma cidade que não possua aeroporto, será providenciado o deslocamento até o aeroporto mais próximo, sendo de livre escolha das empresas Promotoras o meio de transporte para esse fim.

As datas, horários nas passagens aéreas não poderão ser alteradas após emitidas pelas Promotoras e como a viagem se destina a evento certo e pré-agendado, não poderá ser realizada em outra data.

As Promotoras também não se responsabilizam por quaisquer danos e despesas, oriundas por motivos de caso fortuito ou de força maior que impeçam o contemplado de cumprir os prazos estipulados nesta Promoção.

Se o contemplado desejar estender a sua viagem, o fará por sua conta e risco, assumindo todos os custos para tanto e isentando as Promotoras de quaisquer responsabilidades.

Toda a documentação pessoal necessária para a viagem (passaporte com validade mínima de 6 meses antes da data da viagem, vistos e demais autorizações aplicáveis) deverão ser providenciadas pelos contemplados, bem como as despesas incorridas para este fim, restando certo que não poderão as Promotoras serem responsabilizadas se acaso o contemplado não possua passaporte ou tenha vistos de entrada negados.

É necessário enviar uma cópia do passaporte e do visto à empresa Promotora em até 15 (quinze) dias antes da data da viagem.

As Promotoras não garantem o acesso dos contemplados ao país de destino, não sendo devida qualquer compensação caso haja qualquer problema na imigração que impossibilite o acesso.

O contemplado será acomodado em hotel de categoria econômica a ser escolhido pelas Promotoras a seu único e exclusivo critério. Caso algum contemplado decida realizar atividades não programadas no pacote de viagem oferecido como prêmio, ou mesmo não participar daquelas que serão oferecidas no referido pacote, este ficará integral e isoladamente responsável pela programação escolhida, por todas e quaisquer despesas oriundas desta programação e por qualquer dano e/ou prejuízo que venha a sofrer em decorrência desta, não cabendo às empresas Promotoras ressarci-lo ou compensá-lo das despesas decorrentes dessa escolha.

Não estão inclusos no prêmio excesso de bagagem ou bagagem extra, despesas de frigobar, lavanderia, cofre, telefonemas, locação de carros, corridas de táxi, despesas de compras pessoais, alimentação fora da descrita neste Plano de Operação e respectivo Regulamento e/ou demais despesas que não estiverem aqui descritas bem como no Regulamento, as quais serão de inteira responsabilidade do contemplado, razão pela qual não caberá em hipótese alguma qualquer responsabilidade das Promotoras e/ou indenização a serem por elas suportadas.

As empresas Promotoras não se responsabilizam, em hipótese alguma, por quaisquer danos, avarias ou prejuízos que possam ocorrer ao contemplado e seu acompanhante, bem como aos seus bens materiais durante a viagem objeto do prêmio, tais como, mas não se limitando, roubo, furto, acidentes e/ou extravio de mala, os quais deverão ser objeto de reclamação diretamente com a pessoa ou empresa prestadora de serviços responsável pelos prejuízos.

O prêmio distribuído será livre e desembaraçado de qualquer ônus para o contemplado e não poderá ser substituído ou trocado por dinheiro, ou por qualquer outro item não descrito neste Plano de Operação ou no respectivo Regulamento. O prêmio é pessoal e intransferível.

A propriedade dos prêmios será comprovada pela Mandatária à Secretaria de Acompanhamento Econômico do Ministério da Fazenda (SEAE/MF), conforme o artigo 34, inciso I da Portaria 41/2008 do Ministério da Fazenda.

FUNCIONAMENTO DA PROMOÇÃO

Durante o período de participação na Promoção, o representante autorizado da IMF ou o Agente de crédito deverá acessar o site www.pcmm.com.bre preencher as fichas de inscrição das categorias das quais deseja participar e/ou indicar participantes, sendo certo que a IMF pode se inscrever às categorias específicas de premiação de IMF e inscrever empreendedores.

Inscrição de IMF

Para inscrição a uma das categorias do prêmio IMFs do Ano em (1) Desenvolvimento Local ou (2) Gestão Inovadora, a IMF deve preencher todos os requisitos previstos neste Plano de Operação e respectivo Regulamento.

A pessoa indicada como responsável pelas inscrições dos Empreendedores da IMF será responsável por validar a inscrição da IMF e de todas as fichas de inscrição ao PCMM.

Se a IMF tiver mais de uma unidade com o mesmo CNPJ, todas as interessadas podem se inscrever com esse mesmo dado e serão analisadas individualmente,

Inscrição de empreendedor

Cada Empreendedor deve ser apresentado e inscrito por pelo menos um agente de crédito de uma IMF inscrita e em apenas uma das faixas de faturamento, sendo certo que o agente de crédito deve preencher todas as informações necessárias bem como enviar até 5 (cinco) fotografias do empreendedor e seu negócio, em formato JPEG e com até 5 MB cada.

A indicação de um mesmo Empreendedor por mais de um agente de crédito não será válida. Será considerada válida a primeira inscrição recebida.

O Empreendedor concorda com as informações da ficha de inscrição e autoriza seu Agente de Crédito a enviar as informações em seu nome. O Agente de Crédito deve imprimir a declaração disponível no site do Prêmio e solicitar que o Empreendedor a assine. Essa declaração deve ser enviada, de forma eletrônica, com a assinatura do responsável pela IMF também, caso o Empreendedor seja um dos finalistas. A IMF será informada com antecedência se um dos Empreendedores indicados estiver entre os finalistas.

As categorias são (1) Empreendedor, de acordo com as faixas de faturamento, e (2) Empreendedor do Ano, para a qual não há inscrição, pois o vencedor desta categoria será escolhido pelo Júri, a partir dos finalistas das categorias de faixas de faturamento.

Agentes de crédito

A inscrição é feita pelo próprio agente, na categoria Agente de Crédito
Do Ano, porém a validação deve ser realizada pelo responsável da IMF ou pelo superior imediato do agente, com a assinatura de uma carta de recomendação (modelo disponível no site), para que o agente a anexe em sua ficha de inscrição.

Todos os agentes cadastrados no site do Prêmio concorrem automaticamente à categoria Agente com Mais Inscrições. O vencedor será aquele com mais inscrições válidas de Empreendedores.

Todos os agentes que inscreverem cases válidos de Empreendedores concorrem automaticamente à premiação oferecida para os agentes que indicam os Empreendedores vencedores.

SELEÇÃO DOS GANHADORES

A avaliação dos candidatos considerará os seguintes agrupamentos de critérios por categoria:

Tabela 2

Serão premiados ao final:

a) 3 (três) microempreendimentos, em cada uma das categorias de faturamento anual.

b) 1 (um) Empreendedor do Ano.

c) 2 (duas) IMFs do Ano, uma em Desenvolvimento Local e a outra em Gestão Inovadora.

d) 6 (seis) Agentes de Crédito, um na categoria Agente de Crédito do Ano, o agente que mais inscreveu microempreendimentos e os quatro agentes que indicaram os Empreendedores vencedores. Dessas categorias para os agentes somente a categoria Agente de Crédito do Ano é decidida pelo júri.

O Evento de premiação será realizado no dia 07 de abril de 2016 na cidade de São Paulo.







SELEÇÃO DOS EMPREEENDEDORES

Fase preliminar

As fichas de inscrição dos empreendedores serão avaliadas em uma primeira etapa por um Comitê de Seleção que escolherá os semifinalistas.

O Comitê de Seleção será formado por pessoas indicadas pelas Promotoras.

As fichas de inscrição dos microempreendimentos serão distribuídas aleatoriamente aos voluntários, que avaliarão as fichas em formato eletrônico, no próprio site do PCMM. Após o término do prazo dessa fase, o sistema gerará eletronicamente um ranking dos empreendimentos em cada faixa de faturamento.

As decisões do Comitê de Seleção serão definitivas.

Fase de avaliação

Os 40 (quarenta) empreendimentos melhores avaliados pelo Comitê de Seleção em cada uma das três faixas de faturamento (total de 120 empreendimentos) passarão por uma segunda etapa de avaliação. Cada um desses 120 empreendedores receberá mais duas avaliações por pessoas diferentes e todos receberão certificado impresso em suas residências por terem participado da promoção.

Os 30 (trinta) empreendimentos finalistas (10 em cada faixa de faturamento) que apresentaram as melhores médias das fases de avaliação anteriores serão considerados Empreendedores finalistas.

Os agentes de crédito responsáveis pela indicação desses finalistas deverão enviar vídeos caseiros de até 1 minuto do empreendedor para acréscimo na avaliação dos finalistas. Esses vídeos poderão ser gravados por celulares e/ou câmeras, e sua qualidade visual não será levada em consideração na avaliação e sim o conteúdo informativo.

Os agentes desses finalistas devem enviar ainda a declaração disponível no site do Prêmio devidamente assinada pelo Empreendedor finalista e pelo responsável pela IMF, no prazo de até 3 (três dias úteis) da data em que foram informados do resultado. O não envio da declaração no prazo invalida a inscrição nessa etapa final.

Os 30 (trinta) empreendimentos finalistas (10 em cada faixa de faturamento) que tiverem as melhores notas serão avaliados em fase posterior, por um júri.

As decisões do Comitê de Seleção serão definitivas.

Seleção das IMFs e Agentes

Não há fase preliminar com os voluntários da Mandatária para seleção das IMFs inscritas nas categorias de IMFs do Ano nem para os agentes inscritos na categoria Agente do Ano.

Todas as fichas de inscrição das IMFs e dos Agentes inscritos serão avaliadas, sendo que cada ficha será avaliada por duas pessoas.

Os 5 (cinco) melhores colocados em cada uma das categorias (IMF do Ano em Desenvolvimento Local, IMF do Ano em Gestão Inovadora e Agente de Crédito do Ano) serão levados a júri.

As Promotoras reservam-se o direito de visitar, diretamente ou por instituições credenciadas, os microempreendimentos e as IMFs selecionados, para a confirmação das condições do empreendimento, da IMF e das informações fornecidas. Essa confirmação também poderá ser feita, incluindo, mas não se limitando, por meio de entrevistas por telefone ou e-mail, solicitação de documentos adicionais, vídeos ou pesquisas de dados secundários.

As decisões do Comitê de Seleção serão definitivas.

Júri final

A escolha dos vencedores, dentre os finalistas, estará a cargo de um júri independente, que será conhecido após a seleção dos finalistas.

O júri será composto por membros escolhidos a exclusivo critério das Promotoras, dentre profissionais de renome no cenário econômico brasileiro, instituições integrantes do sistema financeiro que não tenham apresentado candidatos, representantes de órgãos governamentais, representantes da mídia e representantes de ONGs.

O Empreendedor do Ano será selecionado entre todos os finalistas Empreendedores do PCMM, independentemente de sua categoria por faturamento anual e considerando os critérios definidos neste Plano de Operação e respectivo Regulamento.

Caso não exista candidato elegível a uma ou mais categorias, o júri poderá, a seu exclusivo critério, destinar os recursos da premiação para outra categoria, escolhendo o Empreendedor com a melhor pontuação entre todas as categorias.

Caberá ao júri a definição dos critérios de valoração de cada um dos elementos apresentados, cujas decisões serão definitivas.

A comunicação do resultado final do PCMM será feita mediante anúncio disponibilizado pelas Promotoras no website www.pcmm.com.br.

Em caso de empate, serão adotados os seguintes critérios de desempate para a escolha do vencedor:

a) habilidade para superar adversidades e enfrentar desafios no âmbito pessoal, profissional ou do negócio, dentro de seu contexto;

b) criatividade e inovação no funcionamento e gerência do negócio e ou na concessão de microcrédito;

c) qualidade na oferta de produtos e serviços;

d) desempenho acima da média no crescimento do negócio em termos de vendas, lucros e/ou aumento do número de postos de trabalho ou na cartela de clientes;

e) capacidade de interação positiva na sua região de atuação e de ativa participação comunitária em sua região;

f) formalização dos microempreendimentos para as categorias de faturamento anual de até R$ 60.000,00 (sessenta mil reais);

g) coerência entre as informações e montantes mencionados na inscrição e a atividade empreendedora do candidato.

h) conteúdo do vídeo enviado pelos finalistas;

i) ratings sociais e financeiros disponíveis;

j) outros prêmios que tenha recebido.

Para as IMFs será considerado também, como critério diferencial, a operação da IMF auditada que tiver apresentado relatórios ao The MIX – Microfinance Information Exchange, organização especializada na divulgação transparente de informações de microfinanças.

O júri final ocorrerá em 03 de março de 2016 na sede do Banco Citibank S.A, na Avenida Paulista, 1.111, 2º andar-parte, São Paulo, CEP 01311-920, de acordo com horário comercial.

LOCAL ONDE OS PRÊMIOS SERÃO EXIBIDOS

Devido à sua natureza, os prêmios não serão exibidos, mas será descrito no site da Promoção.

A Mandatária compromete-se com a sua aquisição conforme o artigo 34, inciso I da Portaria 41/2008 do Ministério da Fazenda.

FORMA DE DIVULGAÇÃO DO RESULTADO

O resultado da Promoção e os nomes dos contemplados serão divulgados em cerimônia de premiação a ser realizada no dia 07 de abril de 2016, a partir das 19h00, na cidade de São Paulo e no site da Promoção no site www.pcmm.com.br, até o dia seguinte à cerimônia.

As despesas com transporte e hospedagem dos premiados para participação da cerimônia, serão custeadas pelas Promotoras.

Os contemplados serão comunicados do resultado da Promoção no momento da cerimônia ou pelo envio de e-mail, telegrama ou carta com aviso de recebimento (AR), bem como por contato telefônico, no prazo máximo de 10 (dez) dias úteis da cerimônia caso não possam estar presentes no evento, de acordo com os dados cadastrais informados quando da inscrição na Promoção.

16. LOCAL ONDE A PREMIAÇÃO SERÁ ENTREGUE

Os prêmios serão entregues em até 30 (trinta) dias após a apuração final, conforme artigo 5°, do Decreto nº 70.951/72, na cerimônia de divulgação do resultado que acontecerá no Auditório do Citibank-Avenida Paulista, 1.111, 2º andar-parte.

Os prêmios não poderão ser convertidos em dinheiro e são pessoais e intransferíveis.

O pacote de viagem e os ingressos ao evento FOROMIC serão entregues ao contemplado mediante assinatura da carta-compromisso.

No ato da comunicação ou recebimento do prêmio, o participante contemplado deverá assinar o recibo de entrega do prêmio. Neste ato, deverá ainda, apresentar e entregar uma cópia autenticada do seu RG e CPF, juntamente com o recibo, o qual deverá conter firma devidamente reconhecida. Estes documentos constituirão como prova da entrega do prêmio e serão mantidos sob guarda das Promotoras pelo prazo de 03 (três) anos, após o término da Promoção.

Na hipótese do contemplado não poder receber pessoalmente o prêmio, por qualquer razão, será admitida sua representação, por meio de procuração, em conformidade com a legislação vigente. Deverá o contemplado constituir procurador por meio de mandato, por instrumento público ou particular, com firma reconhecida e poderes específicos para o fim que se destina.

Na eventualidade do contemplado falecer, o prêmio será entregue ao respectivo espólio, na pessoa de seu inventariante, que deverá comprovar tal condição e exercer o seu direito no prazo previsto nesta Promoção.

A documentação pessoal que se fizer necessária ao recebimento, retirada e a fruição do prêmio será de inteira responsabilidade do participante contemplado.

DÚVIDAS E RECLAMAÇÕES

As dúvidas e controvérsias originadas de reclamações dos participantes da Promoção serão, primeiramente, dirimidas pelas Promotoras pelo e-mail pcmm@ponteaponte.com.bre, persistindo-as, serão submetidas à Centralizadora Nacional de Promoções Comerciais (CEPCO/CAIXA) e/ou aos órgãos integrantes do Sistema Nacional de Defesa do Consumidor.

DESCLASSIFICAÇÃO DE PARTICIPANTES

Todos os participantes deverão observar as condições, formas e prazos de participação, sendo sumariamente desclassificados os participantes que descumprirem quaisquer regras desta Promoção, que cometerem qualquer tipo de suspeita de fraude, incluindo, mas não se limitando a criação, benefício e utilização de ferramentas automatizadas, uso e benefício de dados e identidades falsas, ficando, ainda, sujeitos à responsabilização penal e civil.

DISPOSIÇÕES GERAIS

A participação na Promoção é voluntária e implicará a aceitação total e irrestrita de todos os itens deste Plano de Operação e respectivo Regulamento. Não terão validade as participações que não preencherem as condições básicas da Promoção previstas neste Plano de Operação e respectivo Regulamento.

A inscrição vale, para todo e qualquer efeito, como forma expressa de aceitação pelo Empreendedor, Agente de Crédito e IMF, de todas as condições, normas e exigências constantes neste regulamento, não podendo ser alegado, a qualquer momento, seu desconhecimento.

Somente serão aceitas as inscrições realizadas de acordo com as especificações deste Plano de Operação e respectivo Regulamento.

Os ganhadores e acompanhantes concordam em ceder neste ato, gratuitamente, os direitos de uso do seu nome, imagem e voz à Promotora, em quaisquer mídias (impressa ou eletrônica, CD, DVD, revistas, jornais, sites internet, redes sociais, TV aberta ou fechada, além de rádios), para uso exclusivo na divulgação desta Promoção bem como autorização para utilizar imagem e informações relativas a seus empreendimentos, em caráter não exclusivo, gratuito, irrevogável e irretratável, pelo período de 12 (doze) meses a contar do final da promoção.

OS PARTICIPANTES AUTORIZAM, NO ATO DO CADASTRO NA PROMOÇÃO, A UTILIZAÇÃO DE SEUS ENDEREÇOS FÍSICOS, ELETRÔNICOS, TELEFONES E DEMAIS DADOS INFORMADOS COM O PROPÓSITO DE FORMAÇÃO E ATUALIZAÇÃO DE CADASTRO, REFORÇO DE MÍDIA PUBLICITÁRIA E DIVULGAÇÃO DA PRÓPRIA PROMOÇÃO, NOS LIMITES DO CÓDIGO DE DEFESA DO CONSUMIDOR, SEM NENHUM ÔNUS PARA AS PROMOTORAS, SENDO QUE, NO ENTANTO, DE ACORDO COM O QUE DISPÕE O ARTIGO 11 DA PORTARIA MF Nº 41/2008, ÀS PROMOTORAS É EXPRESSAMENTE VEDADA DE COMERCIALIZAR OU CEDER, AINDA QUE A TÍTULO GRATUITO, OS DADOS COLETADOS NESSA PROMOÇÃO.

Os dados e informações coletados estarão armazenados em ambiente seguro, observado o estado da técnica disponível, e somente poderão ser acessados por pessoas qualificadas e previamente autorizadas, em observância a legislação em vigor.

O participante poderá pedir a exclusão de seus dados pessoais da base das Promotoras, no que será atendido após o prazo legal 06 (seis) meses estabelecido no Marco Civil da Internet, Lei nº 12.965/14.

Ressalvada a obrigação de indicação da autoria, a inscrição do Empreendedor, do Agente de Crédito e da IMF implica autorização para publicação dos projetos vencedores, sem fins de comercialização do material, pelas Promotoras, com ou sem associação das imagens dos vencedores à imagem das Promotoras.

As Promotoras reservam-se o direito de usar os Direitos dos participantes do PCMM, a seu exclusivo critério, com finalidade exclusiva de divulgação do PCMM ao longo de sua duração.

As Promotoras não serão responsáveis por problemas, falhas ou funcionamento técnico, de qualquer tipo na rede dos participantes, em redes de computadores, servidores ou provedores, equipamentos de computadores, celulares, tablets, hardware ou software dos participantes, ou erro, interrupção, defeito, atraso ou falha em operações ou transmissões para o correto processamento de inscrições, incluindo, mas não se limitando, a transmissão imprecisa de cadastros, em razão de problemas técnicos, congestionamento na Internet, vírus, falha de programação (bugs) ou violação por terceiros (hackers) nos dispositivos e serviços dos participantes.

As Promotoras não se responsabilizam pela autenticidade dos dados fornecidos pelos participantes.

O participante será responsabilizado por todos os danos causados às Promotoras e também a outros terceiros decorrentes de sua conduta durante a participação na Promoção.

Fica, desde já, eleito o foro central da Comarca do participante para solução de quaisquer questões referentes à presente Promoção.

Esta Promoção foi autorizada pelaSecretaria de Acompanhamento Econômico.

Certificado de Autorização SEAE/MF Nº03/0545/2015.

Histórias de Vencedores

Contato

Imprensa

Contato para entrevistas ou assuntos relacionados à divulgação do Prêmio Citi 2015

  • Aliança Empreendedora

    Luísa Bonin

    (41) 3013-2409

    luisa@aliancaempreendedora.org.br

    Caroline Meira

    (41) 3013-2409

    carol.meira@aliancaempreendedora.org.br

  • Execução e realização

    Dúvidas sobre regulamento e inscrições

    Aliança Empreendedora ponteAponte Empreendedorismo Socioambiental

    pcmm@ponteaponte.com.br

    (11) 3104-7672